TAMANHO Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte

Corte da Colômbia protege direitos trabalhistas de grávida que trabalhava em Embaixada do Irã

Corte Suprema Colombiana protegeu os direitos trabalhistas de Luz Andrea Sana que trabalhava como empregada doméstica na embaixada da República Islâmica do Irã na Colômbia. Devido a sua gravidez, foi afastada do emprego sem a percepção de nenhum direito trabalhista. A Corte ao reconhecer o estado de vulnerabilidade desta cidadã colombiana e determinou a adequada proteção, bem como a sua reintegração ao emprego, além da percepção dos devidos salários desde a dispensa, e também o reconhecimento do direito à licença maternidade e à inclusão no sistema de Seguridade Social.
 

Data de julgamento: 08/03/2012
 

Sentencia T 18012

Expediente T-2879569

 

Fale conosco
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - Brasil - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000