TAMANHO Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte

Tribunal de Apelação confirma a condenação por quebra de confiança

Segunda-feira, 6 de julho de 2020.

O Tribunal de Apelação em Matéria Penal da Capital confirmou as sentenças proferidas pelo Tribunal de Justiça presidido pela Juíza María Fernanda García de Zúñiga e composto pelos Juízes Juan Carlos Zárate e Cinthia Lovera contra duas pessoas que foram consideradas culpadas de causar danos de G. 1.270.279.626 a 30 beneficiários do projeto Takuru Puku.

A acusada Mercedes Geraldine González Alfonso foi condenada a 6 anos de prisão, enquanto Wenceslaa Lorenza Alfonso de González foi condenada a 4 anos de prisão pelo ato punível de quebra de confiança; elas também foram consideradas civilmente responsáveis pelos danos causados.

Como pôde ser demonstrado no julgamento oral e público, no qual a promotora Yolanda Portillo sustentou a acusação, Mercedes Geraldine González foi registrada pelo Ministério do Urbanismo, Habitação e Habitat como SAT (Serviço de Assistência Técnica) e usou isto para celebrar um contrato com os beneficiários das famílias chamadas complexo habitacional Takuru Puku, que consistia na compra do terreno e na construção de uma unidade habitacional, na qual os 30 lotes de terreno deveriam ter sido comprados e as casas construídas.

Notícia

Fale conosco
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - Brasil - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000