TAMANHO Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte

Corte Constitucional da Colômbia empreende quatro estratégias para garantir a equidade de gênero

Sexta-feira, 21 de agosto de 2020.

Por decisão da Câmara Plenária, as magistradas Cristina Pardo Schlesinger, Diana Fajardo Rivera e Gloria Stella Ortiz Delgado assumiram a coordenação do Comitê de Igualdade de Gênero na Corte Constitucional. Especificamente, elas estão liderando a implementação do plano de ação para fortalecer os mecanismos e cenários de equidade de gênero dentro da Corporação, que foi concebido em resposta às recomendações relatadas no relatório "As camadas do teto de vidro: equidade de gênero na Corte Constitucional".

Ao desenvolver este plano de ação, a Corte Constitucional, trabalhando com a USAID, planejou quatro atividades centrais: i) divulgação dos resultados do relatório e das atividades a serem implementadas; ii) construção participativa de uma política de equidade de gênero e tolerância zero à violência de gênero; iii) desenho e implementação de comunicações internas para promover relações eqüitativas; e iv) elaboração de uma proposta para incorporar ações positivas para mulheres e comunidades étnicas no processo de seleção de estudantes para estágios na Corte Constitucional, e para garantir o acesso a bolsas de estudo para essas populações.

Notícia

Fale conosco
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - Brasil - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000