TAMANHO Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte
Destaques Imprimir

TV Justiça comemora 10 anos de existência

Terça-feira, 14 de agosto de 2012. 


A primeira emissora pública de televisão do mundo a transmitir ao vivo as sessões plenárias da mais alta Corte da Justiça de um país completou em 11 de agosto seu décimo aniversário. Criada com a missão de aproximar a Justiça do cidadão, a TV Justiça ganhou notoriedade pela transmissão de julgamentos de tribunais de todo o Brasil, programas educativos, culturais e de debates, telejornais e boletins jornalísticos diários ao longo dos seus 10 anos.

Com uma programação exclusivamente voltada ao Judiciário, a TV Justiça estreou com 18 horas de programação diária, nas quais havia telejornal, boletins jornalísticos, transmissão de julgamentos, programas didáticos, de debates e de entrevistas. Atualmente, com 24h de programação diária, a emissora tornou-se uma importante ferramenta para fortalecer a democracia e ampliar a transparência do Judiciário.

Para a secretária de comunicação social do Supremo Tribunal Federal, Silvana de Freitas, a TV Justiça é um marco na democracia do país e nesses dez anos de existência mostra o quão importante ela tem se tornado para a sociedade. “A TV Justiça representa um ganho muito grande para a sociedade, porque ela aproximou o cidadão, facilitou a compreensão de como funciona o Judiciário e trouxe mais transparência aos órgãos da Justiça”, defende.

Segundo a secretária, a TV também possui um caráter educativo, porque aborda, por meio de seus diversos programas, temas relacionados aos direitos fundamentais e princípios constitucionais. Além disso, a TV Justiça é sempre lembrada em conversas entre chefes de Estado e autoridades estrangeiras que visitam a Corte.

A coordenadora da Rádio e da TV Justiça, Juliana Baptista, declara que a TV tem trabalhado ao longo desses 10 anos para aproximar a Justiça do cidadão e traz por meio de sua programação informações importantes que interferem diretamente na vida da população. “Transmitimos as sessões dos tribunais superiores, noticiamos os julgados dos tribunais de todas as instâncias, mostrando as decisões que a Justiça tem tomado nas regiões mais remotas e que podem influenciar a vida dos cidadãos”.

O jornalista e advogado Carlos Eduardo Cunha, primeiro âncora da emissora a transmitir ao vivo as sessões plenárias, concorda com esse papel importante da TV para a sociedade e reconhece que a emissora contribui para a transparência das instituições. Para ele, que apresenta, entre outros programas, o Direto do Plenário, transmitido ao vivo nos dias de sessão na Corte, o seu grande desafio é fazer o acompanhamento das sessões de modo que seja possível atingir não só o público especializado em Direito, mas também as pessoas que não têm conhecimento na área. “Tentar resumir o que os ministros estão falando, sem ser professoral para os profissionais do direito e nem incompreensível para o cidadão comum é meu grande desafio, mas procuro sempre dar prioridade para uma linguagem mais acessível e que traduza a linguagem jurídica”.


Comemoração

Para marcar esses 10 anos de transmissão, a TV Justiça teve o seu site totalmente reformulado, com um leiaute mais atual e com ferramentas que promovem mais interação entre os telespectadores e o canal. A TV Justiça possui também um canal no Youtube, através do qual estão disponíveis diversos vídeos e programas de sua grade.

Além do novo portal, a emissora estreou os programas: Justiça seja feita - documentário sobre iniciativas e decisões de tribunais de primeira instância; Direito sem fronteiras – fala do Direito internacional e Direito comparado, uma nova versão do Iluminuras, com enfoque na literatura.

Nesse sábado (11), a emissora presenteou os telespectadores com um documentário sobre a história da criação do canal e sua evolução até os dias de hoje. As reprises serão apresentadas na quarta-feira (15), durante intervalo da sessão plenária do STF, segunda-feira, às 22h30; terça-feira, às 18h; quinta-feira, às 10h30 e sexta-feira, às 10h.


Assista ao documentário de 10 anos da TV Justiça:






Siga o Portal Internacional do STF pelo Twitter no endereço http://twitter.com/stf_intl.  



 

Fale conosco
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - Brasil - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000